O filme que rendeu um Oscar de melhor ator ao protagonista Leonardo DiCaprio foi lançado em 2015, afirma Rafael Libman, entusiasta e amante da sétima arte. O filme com fundo de faroeste e aventura foi dirigido pelo renomado cineasta Alejandro González Iñárritu.

Como dito, o filme é de faroeste e se passa em um contexto de guerra entre os expedidores e os nativos indígenas dos Estados Unidos da América. O longa é baseado na obra de Michael Punke, livro que narra a história verdadeira de Hugh Glass. 

Hugh Glass é um expedidor que possui uma história surpreendente! O caçador e mercante, em uma das expedições, foi atacado por um urso e fez a incrível façanha de sobreviver ao ataque, guardando-o contigo o dente do animal como uma espécie de troféu. Afinal, não é todo dia que se esquiva de um ataque de urso, ainda mais uma mãe com seus filhotes. É uma história forte e inspirada, avulta Rafael Libman.

A entrega de Leonardo DiCaprio é impressionante, o ator emagreceu muito para o papel e em uma cena em que Hugh come as vísceras cruas de um animal, DiCaprio tinha a intenção de comer realmente de forma crua, chegou a tentar e experimentar, porém não conseguiu. Não é à toa que essa entrega angariou um Oscar ao ator.

Além do espírito de sobrevivência de Hugh, há o sentimento de vingança, pois John Fitzgerald, companheiro de expedição, o qual foi incumbido de mantê-lo vivo até uma morte digna, o abandonou e além de ter matado seu filho, afirma Rafael Libman. Dessa forma, Hugh encontra forças para vencer o frio, a fome, o perigo de morrer por uma tribo de nativos, tudo em busca de vingança.

O filme é baseado em fatos reais, porém é dado um toque Hollywoodiano na obra. O contexto geral é verdadeiro, Hugh Glass realmente foi abandonado por seus companheiros após o ataque do urso, porém na vida real Glass não procurou vingança, pelo contrário, perdoou os companheiros, já no longa, DiCaprio usa o fim de sua energia para se vingar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui