Depois que várias gerações se apaixonaram pela personagem Hello Kitty, os criadores da Sanrio afirmaram que ela não é gato, e sim uma menina. Quem se deparou com a revelação foi a antropóloga Cristiane Yano, da Universidade do Havaí, que passou anos estudando o fenômeno que é Hello Kitty. Ela organiza uma exposição sobre a personagem no Japão, com objetos de todos os tipos que trazem o ícone pop dos anos 1970, como papel higiênico, cuecas, esculturas e até o famoso vestido usado por Lady Gaga em 2010.

A especialista contou ao jornal L.A Times que quando enviou os textos que entrariam para a exposição para a Sanrio aprovar, recebeu uma correção muito firme: “Hello Kitty não é um gato. Ela é uma personagem de desenho. Ela é uma menininha. Ela é uma amiga. Mas ela não é um gato. Ela nunca apareceu sobre quatro patas. Ela anda e senta como uma criatura de duas pernas. Ela tem um bichinho de estimação, um gato, que se chama Charmmy Kitty”.