Na semana passada, o Radioatividade revelou a história de um cãozinho pinscher que sofreu mutilação para ser vendido como fêmea.

A moradora de São Paulo que o comprou pelo site OLX o recebeu no estacionamento de um supermercado, dentro de uma caixa de sapatos. Ao chegar em casa, ela percebeu que o filhote, de 20 dias de idade, tinha uma ferida o abdômen. No veterinário, a mutilação foi constatada. 

Uma cirurgia de emergência foi realizada na quarta-feira, dia 14, para que o pet pudesse urinar. No dia seguinte, o cãozinho passou por novo procedimento, para reconstrução do pênis. 

Nesta segunda-feira, a veterinária Camila Leite mostrou Sebastião ao Radioatividade. O estado dele evoluiu – mas ainda não é possível descartar a necessidade de uma terceira operação. 

Acompanhe a história: 

Artigo anteriorPor que Dilma não deveria dizer “tchau, querido” para Nego
Próximo artigoONG Celebridade Vira-Lata lança calendário 2017 na Casa das Caldeiras neste domingo